terça-feira, 29 de março de 2011

Cotidiano

É estranho olhar pra trás e fazer tsc tsc tsc pra si mesma. Eu fazia (faço, mas quando faço eu nunca sei que fiz) umas coisas tão toscas, tão idiotas, e depois eu lembro e penso: pra que isso!? Não vale a pena. Ninguém vale meu estresse, meu aborrecimento. Eu devo deixar de ser covarde e tomar as rédeas de tudo que faço e quero fazer. Mas enfim...

Uma das minha metas desse ano é levar a Aurora pra conhecer a praia. Eu e ela. Nós duas sem horário pra dormir, pra comer, sem obrigações, sem regras. Porque meu filhote tem 4 anos, acorda super cedo todo dia e o pouco tempo que temos juntas fora do carro eu quero passar com ela, mesmo que às vezes eu não consiga e fique de mal humor porque ela quer brincar de avião tempo todo, ou pendurar nas minhas costas ou quer que eu dance Iggy Pop como se o mundo fosse acabar amanhã.

E dou graças à Deus todos os dias antes de dormir por chegar em casa bem, cansada do trânsito mas bem, isso porque bati (encostei e fui encostada) o carro duas vezes dentro de quatro dias, e fico estressada por coisas que eu não tenho o mínimo poder pra fazer nada.

A única cura pro meu mau humor são risadas infantis.

3 comentários:

Chico Mouse disse...

Imaginei a Aurora montando em cima de você pra brincar de avião, kkkk!!

P.S.: Iggy Pop???!! :P

۞ Sol disse...

O nosso avião é assim: eu deito de costas na cama e a suspendo com meus pés na barriga dela. Eu aguento até jogar ela no colchão. Quanto mais estrondosa for a queda, mais ela gosta.
PS: Isso quando não é Iron Maiden, Motorhead ou Queen!!!! Minha filha é roqueira, rapá!

Nandinha... disse...

eles sempre querem aquilo que tem mais risco, aquilo que nos cansa mais, aquilo que a gente menos gosta...

pro meu mal humor eu coca... e funciona que é uma beleza...

beijos