quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Esquisita eu sou

Eu dava muita risada com meu ex-namorido quando eu dava uma de louca, fixava os olhos nele e dizia: "você é léééééndoooo". Ele dizia que não: não era lindo. Era esquisito. Alto demais, magro demais, sombrancelha de gaivota, nariz de turco, cabeça chata (atrás, por sinal), enfim. O amor faz a gente ver coisas.

E eu tenho me olhado bastante nos últimos dias, ao ponto de reconhecer aqueles meus sentimentos que ninguém enxerga em si próprio, como a inveja, a ira, a preguiça, o rancor, etc. Eu sou humana. Mas também sou mmmuito esquisita, querem ver?

1- Eu escuto "Quran" no trabalho (sou espírita¬¬);
PS: Pra quem não sabe, "quran" são trechos do Alcorão "cantados" pelos muçulmanos.

2- Eu tenho 4 tatuagens: três estrelinhas atrás da orelha, um dragão no ombro, uma Sheeva enorme de oito braços nas costas (inacabada, por sinal), e o nome da minha filha tatuado nas parte alta das costas, em fonte "Élfico"(sou fã do Tolkien, hihi). A próxima será o sinal "om" no pé. Tipo, eu pareço uma colcha de retalhos, cada pedaço de um pano diferente. Se eu fosse tatuar tudo que eu penso, meu Deus! Álbum de figurinhas;

3- Eu sou extremamente carente, mas gosto de ficar só. Não tenho muita paciência pro ser humano, sabe!? Salvo em ocasiões especiais, um contato de 2 horas ininterruptas já tá de bom tamanho. Depois disso, fico desejando que a pessoa vá embora, ou fico desejando ir embora;

4- Não gosto de salto, maquiagem, roupa cheia de pano, renda, babado nem colorida demais, odeio cabelo comprido, bijuteria. 99% das vezes eu passo incólume pelos lugares, e gosto. O meu desafio é conseguir me vestir bem sendo gorda, e sem esses pinduricalhos de perua. É por isso que eu vejo "Esquadrão da Moda";

5- Sou licenciada e faço pós-graduação na área de Educação, mas trabalho há 10 anos em uma imobiliária. Tudo a ver né!? Mas gosto do que faço, só estou enjoada, pronta para novos desafios.

6- Das minhas bandas favoritas, nenhuma tem menos de 20 anos de estrada. A maioria já tinha acabado quando eu nasci...rs.

Por isso eu digo que sou única. Não sou vaca pra andar em rebanho e ficar seguindo modinha, vestir e fazer o que todo mundo tem ou faz ou é só porque tá na "moda". O que hoje tá na moda vai ser motivo de risada amanhã. Além do mais acho besteira ficar se preocupando com a embalagem sendo que o que importa é o recheio. E isso aí não tem dinheiro que dê jeito quando a carne é podre. Eu sou produto de primeira e isso não tem como mudar, só se eu quiser... rs

2 comentários:

Nandinha... disse...

rsrsr, é dificil a gente se enxergar mesmo como é, na mairia das vezes nos vemos como gostamos de ser ou até pior como gostariamos de ser.

Mas uma coisa é certissima no seu texto, quando a carne é podre e a lama fétida, não tem o que dê jeito.

beijos

Chico Mouse disse...

"3- Eu sou extremamente carente, mas gosto de ficar só. Não tenho muita paciência pro ser humano, sabe!? Salvo em ocasiões especiais, um contato de 2 horas ininterruptas já tá de bom tamanho. Depois disso, fico desejando que a pessoa vá embora, ou fico desejando ir embora;"

MUITO ME IDENTIFICO, SOL!! :P