terça-feira, 8 de setembro de 2009

100 dólares

Não tenham dó de mim
Essas penas são todas minhas
São penas leves
Difíceis, estúpidas e engraçadas
No ringue da vida
São apenas peso pesado

Não tenham dó de mim
Essas dores são todas minhas
São dores que duram dias
Doris Day com Dolores Duran

Nonato Dente de Ouro, poeta, rapper e ex-lutador de kendô

Um comentário:

Julis disse...

Gostei do poema!